Novidades!

Post Top Ad

Your Ad Spot

terça-feira, 10 de setembro de 2019

Bienal - A Disneylandia dos leitores

Bienal

- A Disneylandia dos leitores -




Por Fernanda Baptista


Para nós leitores, a Bienal do Livro é o evento mais esperado. É tido por muitos como a nossa "Disneylândia". É lá que podemos surtar por encontrar ou ver de perto aquele autor ou, ainda, conseguir o autógrafo e/ou uma foto com ele. Ninguém jamais te criticará se você surtar após receber um abraço dele. 

É na Bienal que todo o mundo adverso ao meio literário é esquecido. Nos respiramos, falamos, indicamos, compramos, reclamamos do preço de livros, choramos e surtamos quando conhecemos os autores que, muitas vezes só temos contato pelas redes sociais
E tudo se inicia com o planejamento da ida, itens de sobrevivência que serão levados e, claro, os livros que você irá autografar e outros que serão comprados por lá. A expectativa aumenta a cada dia antes do início da maior feira literária do país. Costumo ter crise de ansiedade. A pressão às vezes oscila principalmente quando vejo que acontecerão eventos no mesmo dia e horário. Aí, conto com a ajuda dos amigos para conseguir senha, autógrafo ou foto. E faço isso por eles também.

E assim que a Bienal do Livro inicia, o coração da aquela primeira falhada ao entrarmos e vermos que, apesar da falta de incentivo à leitura, milhares de pessoas como nós, amam o mundo literário e se sentem nas nuvens ao andar pelas ruas apertadas dos pavilhões do RioCentro. Ficar horas em filas para pegar senhas, autógrafos ou, até mesmo, as filas gigantescas dos caixas dos estandes tornam-se meios de fazer novas amizades, indicar e conhecer novos livros e/ou autores. 

É na Bienal que leitores de vários gêneros se encontram. E mesmo que um mesmo leitor leia Romance de Época, Distopia, Dorama e Biografia, ele jamais será julgado entre os demais leitores. Gosto é gosto e fim de papo. Não há motivo para brigas. 

Grupos no WhatsApp também ajudam os membros com as promoções, horários para retirada de senha, lembrete de eventos e falar que chegaram livros e marcadores em determinada editora. 

Aliás, brindes como marcadores, botons, ecobags, etc são disputadíssimos. Assim como eu, muitos colecionam marcadores e botons. 

Os estandes que vendem tudo por R$ 10,00 é um dos preferidos e, geralmente compro vários por dia para não carregar muito peso. É sempre que se compra num desses estandes uma relíquia ou um livro que está um absurdo de caro na editora, a informação corre na velocidade da luz.

Também trocamos informações quanto ao preço dos livros. Muitas editoras fazem desconto progressivo. Então, comprar junto com um amigo pode render a compra de um outro livro

Quase todos os estandes tem algum atrativo para se tirar uma selfie e guardar o momento, seja sozinho ou com amigos. A série Game of Thrones terminou mas o trono está lá com uma fila gigantesca para se tirar foto, inclusive para aqueles que não gostaram do final. 

Para aumentar as vendas, algumas editoras levam os modelos para representarem os personagens literários ou aqueles que estão na capa. Para desespero das mais afoitas.

Mas também é possível encontrar vários cosplay pelos corredores da Bienal.

Resumindo, a experiência é única. Não importa se você já esteve ou não em alguma edição da Bienal do Livro, cada dia que você for, será marcado de uma forma diferente e que ficará para sempre na memória e no coração do leitor.

Nossa convidada...


Um comentário:

Páginas